06 de setembro de 2017 às 00:00
O mel e a argila
Poemas não podem ofendê-la
As canções só podem cantá-la
E a minha amizade feri-la?
Possibilidade não há!

Rimas não podem constrangê-la
Os versos só podem exaltá-la
E a minha amizade agredi-la?
Possibilidade não há!

Como o mel que envolve a argila
A folha que enrola a comida
Em tudo vigora o cuidado

É o que o coração me diz
E o meu amor, por desinteressado
Só pode lhe fazer feliz

© CIA DO AR. AÇÕES EM CULTURA 2017  |   DESENVOLVIDO POR CRIWEB  |   PROGRAMADOR LED LEMOS  |   POLÍTICA DE PRIVACIDADE