A vantagem do Cristo é que ele conhecia o script e a gente improvisa todas.
0
Não Freud
Segue o mundo
Com Sigmundo
Sem Sigmundo
Consegue o mundo
Um lugar no imundo?
0
Pão de nuvem
Há tanto trabalho disponível quanto mais fazemos arte, mesmo que não seja da melhor qualidade, há tanta energia afirmativa envolvida, não obstante nossas obscuridades, que valeria a pena a p... Ver mais
0
Os artistas plásticos têm explicações sensacionais para suas obras, mesmo quando elas não são sensacionais!
0
Impermeável
Ninguém respinga
Ninguém que baba
Ninguém vomita
Ninguém engasga

Ninguém procura
Ninguém que caça
Ninguém que passa
Ninguém escuta

Ninguém no bar
Ningu... Ver mais
0
Aos amigos, as batatas!
A elite brasileira é muito engraçada. De Sorbonne até o pescoço. Espaço na mídia, dinheiro na conta. Os justos. Os letrados. Bons nomes, bons copos, bons papos. Tutto bonna gen... Ver mais
0
Há uma imobilidade qualquer na vaca que não se dissipa mesmo quando ela anda...
0
Laço


Tenho certeza
De que menos tesa
Tomarias minha dor
Nos braços
E a acariciaria
Em minha defesa
Não fosse teu embaraço
Para dizer a ti (pri... Ver mais

0
Voz no labirinto
Uma das tarefas recorrentes da atividade artística, qualquer que seja ela, é explicar-se a si e ao outro. É que a linguagem, qualquer linguagem, é metalinguística por excelência. E por e... Ver mais
0
O tempo, senhor absoluto da vida, não faz sentido sem ela.
0
Fanque da Carol
A fulustreca falastrona
A falastrona fulustreca
A criatura bonitona
A perereca
0
O Partido dos Trabalhadores
e o cânone democrático
O Partido dos Trabalhadores, com seu grande, incomensurável know-how de masturbação sociológica, onde as questões se discutem à exaustão, ... Ver mais
0
A crítica de cultura tornou-se um exercício de arrogância.
0
Indigente
Tenho-me sentido tão por baixo
Tão mequetrefe, tão sniff...
Que já sinto, aqui deitado
O cheiro das flores do meu esquife

E senti-lo é, ainda, sinal de auto-estima
Pois ando m... Ver mais
0
Sanatórios metropolitanos a céu aberto
Manter a crença de que a realidade faz sentido tem sido o maior dos desafios para mim, ao longo dos anos. Parte desta dificuldade deve-se, por óbvio, a incapacidades ... Ver mais
0
Sempre que encontrar uma pessoa delicada e gentil, no Brasil, estenda-lhe um tapete vermelho; é flor rara em jardim de cactus... Palavra de cactus.
0
Desconstruindo Harry

desconstruir a paixão
para construir a pessoa
objeto do desejo que esboroa
tal modo amar sem predicados
adjetivos, objetivos conquistados
desconstruir a paixão
por ... Ver mais
0
A bela cebola
Escrever não chega a ser um ato de mudança que se origina da reflexão. Não pelo menos com a velocidade e a urgência imediatas que desejaríamos em face da questão que se examina e nos prop... Ver mais
0
As mulheres que mais nos fazem sofrer não são as que mais nos amam, mas as que mais gostariam de ser amadas por nós...
0
Espectro
sou, aos poucos, o espectro de mim mesmo
uma sombra dissipada no caminho
lembrança perdida de uma vida a esmo
um louco apenas em seu redemoinho
cujos ventos fortes, a rigor, cessaram
r... Ver mais
0
Supercordas
Há muitas formas e modos de raciocinar, boa parte delas, cada vez mais, empregada em operações utilitárias. Essenciais, sem dúvida, para solução de problemas quotidianos que nos acompanham a... Ver mais
0
Minha experiência mostra que — no meio do povo — os escritores servem especialmente para emprestar caneta aos transeuntes...
0
Noites sem fim
quando você finge não me ver
eu ao seu lado
finjo que sou forte para esquecer
a dor que dói em mim
minto até porque no fundo sei
que fui culpado
tudo que eu fiz por merecer... Ver mais
0
Ninguém escapa a si mesmo
Hoje sofremos de um modo estranho, como se não estivéssemos sentindo dor. Sorrindo, alguns, fingindo, outros, com ironias e sarcasmos, muitos, e a maioria com discreto cinismo.
... Ver mais
0
© CIA DO AR. AÇÕES EM CULTURA 2017  |   DESENVOLVIDO POR CRIWEB  |   PROGRAMADOR LED LEMOS  |   POLÍTICA DE PRIVACIDADE